O que é sinistro?

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

No mercado de seguros, o termo sinistro está presente em cada apólice emitida e nem sempre quem está contratando algum tipo de seguro sabe do que se trata esse termo.

Sinistro é a ocorrência do risco previsto em um contrato de seguro. Isto é, sempre que houver danos parciais ou totais em bens materiais, pessoais ou até mesmo de responsabilidade civil, ocorrerá a obrigatoriedade da seguradora indenizar o risco coberto pela apólice.

Conheça os principais tipos de sinistro

Os sinistros variam de acordo com a cobertura contratada pelo segurado, ou seja, é preciso que o risco esteja descrito como sendo uma das coberturas contratadas na apólice durante o período de vigência. Confira as situações mais comuns de sinistro:

  • Sinistro de Seguro Fiança Locatícia: ocorre quando há inadimplência por parte do inquilino no pagamento dos aluguéis ou encargos, e é caracterizado pela ação de despejo, abandono do imóvel ou entrega das chaves, sem o cumprimento das obrigações financeiras.

Para saber mais sobre o passo a passo desse sinistro, clique aqui

  • Sinistro de Seguro Incêndio: ocorrência de dano ao imóvel em razão de incêndio, raio, explosão e diversas outras coberturas adicionais indicadas na apólice.
  • Sinistro de Automóvel: danos ao automóvel por colisão, causas naturais, quebra de partes do automóvel e também roubo ou furto e danos a terceiros.
  • Sinistro de Seguro de Vida: O sinistro de seguro de vida ocorre quando o contratante morre de forma natual ou acidental, com os familiares acionando a seguradora para receberem o
  • Sinistro de Seguro de Riscos de Engenharia: ocorrência de prejuízos de acidentes durante o período de execução de obras ou instalação de equipamentos.

Como funciona a solicitação de abertura do sinistro?

Quando o segurado identifica que ocorreu um sinistro, ele deve entrar em contato imediatamente com a sua corretora de seguros que está apta para auxiliar no procedimento de aviso de sinistro, ou seguradora, para dar andamento à solicitação de abertura do sinistro.

Após a comunicação ser realizada, a área de sinistro será a responsável por organizar a documentação e as informações do caso sob a condição de sinistro. A partir disso, será feita a análise dos documentos que instruem o processo de regulação de sinistro e, em seguida, a conclusão do processo.

É importante ressaltar que o prazo para a regulação do sinistro após a entrega de toda a documentação é de 30 dias, de acordo com as normas da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) – órgão governamental que controla e fiscaliza o mercado de seguros.

. . .

Vale destacar que, para evitar burocracia e receber sua indenização sem problemas, convém que você escolha uma boa corretora de seguros. Além de entender sobre cada seguro contratado e as coberturas que ele oferece afim de saber como a assistência será prestada por parte da seguradora.

Agora que você tem mais informações sobre sinistro, nos siga nas redes sociais para conhecer mais sobre a Rede ConfiaX .

Mais para explorar

Blog

Contrato de aluguel: quais cuidados tomar

O contrato de locação de imóvel é o documento oficial das condições que foram negociadas entre proprietário e inquilino para uso do imóvel. Nesse sentido,